Que a Vida de concurseiro não é fácil muita gente já sabe. Rotina intensa de estudos, muitas matérias para estudar e se dedicar, cursinhos, áudio aulas, vídeo aulas, cursos online, etc. muitos são os recursos hoje disponíveis para os concurseiros se prepararem adequadamente mas nada disso vai ser válido se você não souber implementar a estratégia correta.

Como tudo nada vida se preparar para um concurso é mais do que simplesmente ler diversas apostilas ou decorar fórmulas. É necessário que você saiba se preparar pois um concurso vai exigir de você tempo, esforço, paciência, dedicação, foco, perseverança entre outras características que muitas das vezes é ignorado pela maioria dos cursinhos preparatórios. Você candidato deve estar preparado intelectualmente, fisicamente, mentalmente e psicologicamente para essa maratona de estudos e provas. Encare essa jornada tendo em mente que o seu futuro está em jogo, e não só o seu mas o da sua família também. Encare essa maratona como uma verdadeira guerra.

Como se preparar adequadamente para um concurso levando em conta tantas matérias, tantas bancas examinadoras com estilos de provas diferentes entre outros fatores?

Nesse artigo vamos destacar as principais técnicas e estratégias que você poderá usar para se preparar para qualquer concurso. Caso você já esteja estudando para um concurso cujo edital já tenha saído basta fazer as devidas adaptações para o tempo disponível até a realização da prova.

Passo 1 – Prepare um Plano de Estudos

planejando-concurso

Um plano de estudos é o primeiro e fundamental passo que você deve ter claro como algo que deva ser feito e seguido. Nesse plano de estudos você vai ter um quadro mensal com cada atividade a ser realizada. Cada item que deverá ser estudado, cada simulado e revisão a ser feita. É importante registrar nesse plano de estudos cada feriado e compromisso que você tenha para o plano reflita exatamente o tempo disponível que você tem para sua preparação.

Esse quadro de estudos vai funcionar como um norteador, através dele você saberá exatamente o que deve ser estudado em cada dia. Ele funcionará também como uma espécie de cronograma que deve ser revisado ao final de cada semana pois imprevistos acontecem e algum desvio certamente irá acontecer no percurso. Isso é normal, pois nossa vida é dinâmica, não há motivos para desespero.

Passo 2 – Vença a Preguiça, o cansaço e a Procrastinação

agora

Você pode fazer o melhor plano de estudos do mundo mas se a preguiça, o cansaço e a procrastinação não forem vencidas diariamente sua batalha se tornará algo muito mais difícil.

O fato de estar batalhando por uma vida melhor, com uma estabilidade financeira já seria mais do que o suficiente para você se sentir motivado mas sabemos que isso não acontece assim. Se você tem um emprego formal e precisa dele para se manter até sua aprovação, a sua luta será chegar do trabalho e começar um segundo turno (estudos), seja em casa sozinho ou em algum cursinho, seu planejamento te ajudará naquilo que você deve fazer no dia. Sua meta, seu foco, sua determinação devem estar sempre direcionados para seu objetivo principal que é a sua aprovação. Certamente você vai ter um dia difícil no trabalho e chegará em casa sem vontade de fazer nada, é normal, mas mantenha o foco. Algum problema pode acontecer de repente e você terá que faltar uma aula ou deixar de estudar. Isso VAI ACONTECER, portanto o seu planejamento já deve considerar situações como essa.

A preparação de um concurseiro é semelhante a de um atleta, alguns dias durante sua preparação seu rendimento será muito bom outros dias nem tanto mas o mais importante é a constância. Seja constante na sua preparação, e fatores como preguiça, cansaço e  procrastinação vão ficar pra trás.

Passo 3 – Mantenha o Interesse em Todos os Assuntos Estudados

A grande dica para essa estratégia é você priorizar TODAS as matérias do edital. Parece meio óbvio essa dica mas não é, nós quando estudamos temos nossas matérias favoritas e aquelas que temos mais facilidade de aprendizado e por conta disso acabamos cometendo o erro de priorizar justamente essas matérias ao invés de levar em consideração as matérias que nós somos fracos. A verdade é que o seu plano de estudos deve contemplar isso também, você deve ter um tempo reservado para aplicação de simulados, através desses simulados você vai identificar questões e matérias em que está mais deficiente, de posse dessas informações você vai direcionar seus estudos focando sempre naquilo em que você não é tão bom. Lembre-se que cada questão é importante na hora da aprovação e priorizar somente aquilo que gostamos ou temos facilidade de aprendizado não é uma boa estratégia de preparação.

Passo 4 – Monte uma Estratégia para Não Esquecer o que Já foi Estudado

estrategia1

Durante a preparação para um concurso é natural você esquecer algum detalhe de alguma disciplina estudada no início de sua preparação, são muitas matérias, algumas fórmulas e conceitos para se decorar. Nesse ponto a estratégia que deverá ser usada é simples, você deve retornar para o início de cada matéria estudada quando a mesma chega ao fim, a ideia é manter um ciclo constante de estudos até a data da prova.

Um outro ponto importante para se destacar é que toda vez que você voltar ao início de cada matéria já estudada você deverá recomeçar os estudos de uma maneira diferente, primeiro porque você precisa manter o interesse naquilo que se está sendo estudado e segundo porque você precisa manter um dinamismo na forma de estudar para que ela não se torne seu inimigo na hora da prova. Portanto se da primeira vez você começou seus estudos apenas fazendo uma leitura dos conceitos e realizando exercícios de fixação, recomendo na segunda rodada ler apenas os principais pontos destacados como importantes na primeira leitura, fazer novos exercícios de fixação e incluir uns simulados para finalizar.

Passo 5 – Saiba Quando se Aprofundar Mais Nos Estudos

Young Man Studying at Night isolated on black background

Fazer exercícios de fixação e simulados é de vital importância na sua preparação para o concurso, isso não é novidade, o que talvez você ainda não tenha se atentado é da importância estratégica que esses exercícios tem durante sua preparação.

Ao realizar simulados sobre uma disciplina qualquer do concurso que você vai prestar fique atento a forma como as questões são cobradas, ao estilo de prova da banca e tire lições de cada questão que você errar. Cada questão errada deve servir de motivação e um alerta para você, alerta de que existe a necessidade de se aprofundar mais em determinadas questões e tópicos pouco explorados ainda ou que você ainda não fixou bem.

Passo 6 – Domine as Matérias Básicas Primeiro

Todo concurseiro que se preze dificilmente irá fazer apenas uma prova, são vários concursos com programas diferentes, bancas diferentes, estilos de provas diferentes. Então como se preparar de forma adequada diante dessas situação?

Para esse tipo de situação é recomendado montar seu plano de estudos levando em consideração todos os concursos que se pretende fazer. Nesse caso você deverá reunir todos os editais e provas anteriores (no máximo de 3 anos) para montar seu planejamento. Nesse planejamento você deve comparar os editais e verificar disciplinas em comum, a idéia é você começar sua preparação estudando disciplinas que vão servir para diversos concursos.

Uma vez mapeadas as disciplinas comuns priorize as disciplinas específicas de cada concurso de acordo com as datas das provas. A idéia aqui é você conseguir incluir novas disciplinas na sua rotina de estudos a medida que ir avançando priorizando aquelas mais urgentes pela data da prova.

Se no planejamento você verificar que não há tempo hábil para o estudo de disciplinas específicas de algum concurso, procure priorizar os concursos para que haja tempo o suficiente de preparação. Não embole muitos concursos próximos um dos outros, é melhor você realizar um concurso estando preparado para isso do que arriscar a sorte. Lembre-se, é seu futuro em jogo. Faça o concurso estando preparado para ele.

Passo 7 – Observe seus pontos fracos e corrija sua estratégia

pontos-fortes-e-fracos

Encare sua preparação para o concurso como um projeto de médio a longo prazo. Sim, um concurso pode ser considerado um projeto, e como todo projeto ele precisa de um planejamento para ser realizado e concluído com sucesso.

Para que esse projeto termine com sucesso durante sua preparação ajustes serão necessários, ao final de cada mês avalie seu desempenho, verifique aquilo que precisa de ajustes e faça. Para que você alcançe o sucesso necessariamente você vai passar por alguns fracassos. O que quero dizer é que você vai ser reprovado em alguns concursos antes de conseguir atingir a sua meta. O importante diante de uma reprovação é não desistir e continuar, verificar aquilo em que se está errando e continuar tentando.

As batalhas serão duras e serão muitas. Fracassos vão acontecer durante sua jornada, o mais importante disso tudo é se fortalecer cada vez mais com cada fracasso e transformar isso em uma injeção de ânimo pois toda vez que um fracasso acontecer é sinal de que você está mais próximo de seu objetivo.

Conclusão:

Aplique e faça suas adaptações para cada passo aqui discutido, reveja suas estratégias, modifique aquilo que não está funcionando e faça acontecer!!!

Gostou do artigo? Deixe seus comentários. Sendo esse nosso primeiro artigo de muitos que virão gostaria de torna-lo especial para você. Clique aqui e baixe GRATUITAMENTE o livro “Interpretação de Textos e Semântica para Concursos”.

Written by Elmar Ricardo
Elmar Ricardo é um empreendedor digital que se dedica a ajudar várias pessoas de segmentos distintos. Nesse trabalho sua proposta é ajudar a todos que tem o sonho da estabilidade de um emprego público e estão lutando para realizar esse sonho.